Newsletter 12/04: Fique por dentro das noticias da aviação!

Tempo de leitura 4 min

Notícias da aviação, 12 de Abril

 

Voa Brasil: Programa é finalmente lançado

O Governo Federal do Brasil está prestes a finalmente lançar o lançamento do Programa Voa Brasil. Marcado para o dia 17 de abril de 2024, o programa promete revolucionar a mobilidade de aposentados e estudantes, oferecendo passagens aéreas a um custo máximo de R$200. Esta iniciativa é uma oportunidade única para aqueles que são beneficiários do INSS e estudantes do Prouni que não viajaram nos últimos 12 meses, permitindo-lhes explorar novos horizontes e enriquecer suas vidas com experiências de viagem.

Além de facilitar o acesso a viagens aéreas para populações carentes e idosas, o Voa Brasil tem o objetivo de fomentar o turismo interno em períodos fora da alta temporada, contribuindo assim para uma distribuição mais equitativa do fluxo turístico e para o desenvolvimento econômico das regiões menos visitadas. Com essa medida, o governo espera não apenas proporcionar novas experiências aos cidadãos, mas também impulsionar a economia local e nacional.

 

Inclusão: É Anunciado o “Asas para Todos”, programa voltado para a diversidade

O programa “Asas para Todos”, um programa de inclusão para a aviação brasileira, com foco em fomentar a diversidade, a inclusão, a capacitação e a maior participação de mulheres, negros e pessoas LGTB no setor aéreo representa um marco significativo na aviação brasileira, promovendo a inclusão e a diversidade no setor. Com o apoio de cinco ministérios e da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o programa visa criar oportunidades para todos aqueles interessados em carreiras aéreas, independentemente de seu background.

 A iniciativa conta com o apoio de grandes nomes do setor, como Abear, ABR, Azul, GE Aerospace e Embraer, que reconhecem a importância da diversidade para o crescimento e a inovação na aviação. Além disso, um investimento inicial de R$ 16 milhões para bolsas de estudo e parcerias com instituições acadêmicas assegurando a formação de profissionais altamente qualificados, preparando o terreno para uma nova geração de talentos na aviação brasileira, prontos para alçar voos ainda mais altos.

 

FAB: Combate ao narcotráfico

Nesta semana a Força Aérea Brasileira (FAB) realizou uma operação de interceptação bem-sucedida, um bimotor Sêneca, proveniente da Bolívia e sem autorização para entrar no espaço aéreo brasileiro, foi interceptado por dois A-29 Super Tucano, aeronaves reconhecidas por sua agilidade e eficiência em missões de defesa.

 Após a interceptação, o avião foi direcionado a pousar; contudo, em um desfecho inesperado, os tripulantes optaram por incendiar a aeronave. Este evento é parte da Operação Ostium, uma iniciativa da FAB para coibir atividades ilícitas transfronteiriças, em alinhamento com o Decreto nº 5.144 de 2004. Esta ação marca a segunda interceptação em dois dias ligada ao combate ao narcotráfico, destacando a persistente ameaça que tais atividades representam e a resposta resoluta da FAB frente a esses desafios.

 

Embraer: Parceria com os Correios

A Embraer e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, anunciaram uma parceria estratégica que promete revolucionar o transporte aéreo de cargas no Brasil. Com um memorando de entendimento já assinado, as duas empresas visam otimizar e expandir a malha aérea de cargas, buscando melhorar a eficiência e reduzir os custos operacionais tanto em rotas nacionais quanto internacionais.

Além disso, a Embraer está avançando significativamente em seu projeto de conversão de aviões de passageiros para cargueiros, com o primeiro teste em voo bem-sucedido e planos para a conversão de até vinte aeronaves, marcando um avanço notável na capacidade de carga aérea e na inovação tecnológica da empresa.

 

Reino Unido: Novo acordo com o Brasil

O recente acordo de aviação firmado entre o Reino Unido e o Brasil marca um novo capítulo na longa história de colaboração aérea entre as duas nações. Este acordo atualiza uma relação que perdura por quase oito décadas, expandindo os direitos de voo e abrindo novas oportunidades para o comércio e o turismo.
Com benefícios mútuos em vista, o acordo não só facilita o transporte de cargas entre os países, mas também opera com países terceiros, potencializando o alcance global das duas economias.

Além disso, o compromisso com a segurança e a eficiência na aviação é reafirmado, garantindo que o fortalecimento do comércio e do turismo ocorra de maneira sustentável e responsável. Com a expectativa de um crescimento de 5% no turismo em 2024, o Brasil demonstra uma robusta recuperação pós-pandemia, enquanto o Reino Unido se consolida como um destino turístico de destaque, prometendo benefícios econômicos e culturais para ambos os países.

 
 

Convidamos você a se aprofundar nessas histórias e a explorar as maravilhas da aviação conosco.

Visite nosso site blog para se manter atualizado com as últimas novidades e descobrir cursos que irão prepará-lo para o seu futuro no céu.

A Bianch e eBianch estão aqui para ajudá-lo a alcançar suas aspirações aeronáuticas.

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.