Formação Aeronáutica

Tecnologia na aviação:  3 inovações que estão mudando o mercado

fevereiro 27, 2019
Tempo de leitura 3 min

Tecnologia e aviação tem tudo a ver, afinal, o próprio avião já foi uma grande invenção tecnológica, mas, ainda assim, esse setor está começando a enfrentar alguns desafios. Tanto as companhias aéreas quanto os aeroportos devem procurar maneiras de se reinventar para se manterem competitivos.

Com isso em mente, você já parou para pensar como será a tecnologia na aviação daqui 10 anos? E daqui 20 anos? É difícil dizer com certeza, mas a partir do que está sendo desenvolvido agora, é possível fazer uma projeção de como as coisas serão no futuro.

Fizemos uma lista das tecnologias na aviação que, provavelmente, revolucionarão esse setor nos próximos anos. Se você ficou interessado e quer conferir, é só continuar a leitura!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

1. Internet das Coisas (IoT)

Provavelmente você já ouviu falar sobre a internet das coisas — ou IoT (do inglês “Internet of Things”). Para quem não está familiarizado, essa tecnologia permite que diferentes dispositivos se conectem entre si sem a necessidade de um computador. Com isso, dados são transmitidos de uma maneira muito mais rápida, usando apenas uma conexão à rede.

Na aviação, isso pode ser usado de diversas formas, e uma delas é para otimizar a manutenção das aeronaves. E como isso pode ser feito? Imagine vários sensores instalados dentro e fora do avião coletando dados que podem ser acessados de um dispositivo simples, como um tablet ou smartphone.

O responsável pela manutenção e reparo das aeronaves consegue ter um panorama da aeronave, identificando quais peças necessitam de reparo ou substituição. Além disso, esses sensores podem ter a função de rastreamento, o que pode auxiliar os profissionais de supply chain a adquirirem as peças que estão no final da vida, não deixando os profissionais da manutenção na mão.

 

2. Manutenção prescritiva

Hoje em dia são praticadas as manutenções preventivas, que acontecem em intervalos pré-determinados para evitar acidentes; as preditivas, que envolvem ensaios para determinar o melhor momento para manutenção; e a corretiva que, como o nome sugere, é feita para corrigir problema já identificados.

Para o futuro, podemos identificar uma nova tendência: a manutenção prescritiva. Diferentemente das citadas, ela prevê os possíveis resultados de uma medida e fornece o melhor caminho após uma análise. Ou seja, os modelos “pensam por si mesmos”.

3. Uso de robôs

É impossível falar de Inteligência Artificial e internet das coisas sem pensar um pouco em robôs. Eles estarão presentes nos aeroportos desempenhando diversas funções, como prestando assistência aos clientes, transportando bagagens e identificando riscos à segurança.

Tecnologias como essas já estão sendo testadas em aeroportos como o Aeroporto de Haneda, no Japão. Em outros lugares da Ásia, robôs guias e de limpeza também vêm sendo explorados.

A tecnologia na aviação está evoluindo bastante. Com a velocidade de informações que ocorre no mundo, é de se esperar grandes feitos para esse setor. Todas essas tecnologias visam trazer mais segurança para as aeronaves, eficiência para os aeroportos e, consequentemente, lucro para as fabricantes e companhias aéreas.

E aí, o que achou da nossa previsão? Compartilhe este artigo com seus amigos nas redes sociais! Será que vocês conseguem pensar em mais alguma tecnologia que estará presente no futuro da aviação?

 

Para ficar por dentro de tudo sobre o mundo da aviação, é só seguir a gente nas redes sociais. Estamos no Facebook, Twitter, YouTube, Instagram e LinkedIn.

Powered by Rock Convert

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário