Economia e Mercado

Azul e Avianca – Sobre a Fusão

março 13, 2019
Tempo de leitura 4 min

No último dia 11 de março, uma notícia que alguns já esperavam se concretizou, a Azul e Avianca firmaram uma parceria e foi assinado um acordo para que a terceira maios companha do país ficasse com os slots da Avianca Brasil nos Aeroportos de Congonhas e Santos Dumont e metade dos de Guarulhos.

Este acordo, no valor de US$ 105 milhões precisa ainda ser aprovado por autoridades regulatórias mas aumentará muito a presença da Azul nos 3 principais aeroportos do Brasil. Além disso o acordo envolve ainda 30 Airbus A320 que deverão ser arrendados pela Azul, o que deverá totalizar cerca de 60% das operações da Avianca Brasil.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Impactos para a Azul

Os primeiros impactos são claros, um aumento grande nos aeroportos de Congonhas e Santos Dumont dará a empresa uma possibilidade de crescimento no dois maiores mercados do Brasil, podendo ampliar sua estratégia que até então era mais focada em aeroportos menores. Além disso os aviões que irá arrendar são mais econômicos e maiores do que parte da sua frota (de aeronaves da Embraer) e irá acelerar os planos de renovação de frota da empresa.

O mercado viu a fusão com bons olhos, as ações da empresa AZUL4, subindo quase 10% em dois dias, isso é um claro sinal de que a empresa está se consolidando cada vez mais e poderá galgar o segundo lugar no mercado da aviação nacional.

O acordo firmado é semelhante ao feito pela Gol quando adquiriu os ativos da Varig em 2007, isolando pontos de interesse da Azul em uma UPI (Unidade Produtiva Isolada) e isolando-a de passivos e dividas da Avianca Brasil.

Quais podem ser os impactos?

Não sabemos ainda ao certo qual o volume de operações irá migrar da Avianca Brasil para a Azul, sabemos que 30 aviões e 70 slots serão adquiridos, as impacto real ainda não é possível de se confirmar.

Com base nos último anuário da aviação disponível na ANAC, estimamos como poderá ficar o mercado com a Azul assumindo 70% da frota da Avianca Brasil. Para entendermos mais sobre a importância dos slots para a Azul, podemos destacar que hoje os aeroportos de Guarulhos, Congonhas e Santos Dumont representam 27,5% do total de decolagens no Brasil. Além disso a rota Santos Dumont – Congonhas é a mais movimentada do Brasil com 4.093.857 passageiros transportados em 2017.

Frota

Considerando os 30 aviões da Avianca Brasil, a Azul passará a ter um total de 155 aeronaves, se tornando a maior frota do Brasil em números absolutos, além disso a Airbus passará a ser a sua principal aeronave com 63 no total.

Participação de Mercado

A partir daqui passamos a considerar duas premissas.

  • A primeira é de que a Avianca Brasil irá deixar de operar de forma definitiva no Brasil,
  • A segunda premissa é de que com a aquisição dos Slots e Aeronaves da Avianca Brasil, a Azul absorverá 70% do mercado, tripulação e outros ativos da empresa, já os 30% restantes serão distribuídos entre as 3 maiores empresas de forma proporcional a sua participação.

Com estas premissas e baseado nos dados da ANAC, a Azul passará do seus atuais 22% de participação para mais de 31%, já Gol e Latam terão acréscimo de 1,5% a mais de mercado, lembrando sempre que os dados são ainda uma especulação de como ficará o mercado baseado nas premissas acima.

Tripulação

Mantendo as mesmas premissas acima, podemos destacar que 70% do quadro de tripulantes da Avianca Brasil será absorvido pela Azul Linhas Aéreas, desta forma a Azul acrescentaria mais 1.300 pilotos, co-pilotos e tripulantes de cabine ao seu quadro de funcionários, se tornando assim detentora da segunda maior tripulação do Brasil.

Quais os próximos passos?

Azul e Avianca ainda tem muito o que se acertar, não só entre elas mas também com o governos e com órgãos regulatórios.

Inicialmente a proposta feita contemplará mais US$130 milhões na empresa que será constituída a partir do desmembramento da Avianca Brasil, este capital deverá ser usado na migração da frota e na mão de obra da Avianca. Além disso US$40 milhões serão adiantados a Avianca Brasil para quitação de dívidas de curto prazo, a Azul deseja ainda antecipar assembleia geral dos credores da Avianca, marcada pra o inicio de abril.

Além disso órgãos como o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) estão de olho na negócio, uma vez que existem atrasos no pagamento de salários e de contribuições trabalhista.

Já governo já se mostrou favorável a operação, e assim como todos nós está a espera dos avanços do negócio.

 

Para ficar por dentro de tudo sobre o mundo da aviação, é só seguir a gente nas redes sociais. Estamos no Facebook, Twitter, YouTube, Instagram e LinkedIn.

Powered by Rock Convert

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário