Formação Aeronáutica

Como ser comissário de bordo? Saiba o que é preciso e como estudar!

março 8, 2019
comissario de bordo
Tempo de leitura 6 min

Uma profissão que começou rodeada de glamour e beleza, tem hoje um perfil bem menos luxuoso. Contudo, nem por isso, significa que seja simples entender como ser comissário de bordo e embarcar no sonho de ganhar os céus.

Falar desta função sem relembrar o glamour, os elegantes uniformes e as publicidades cheias de encantos é uma tarefa impossível. Naquela época, existia uma lista de estereótipos para escalar e alcançar a desejada posição nos ares.

Hoje, esses estereótipos de beleza e idade já não são obrigatórios. No entanto, existem regras e exigências das companhias aéreas e da ANAC que você precisa cumprir se deseja saber como ser comissário de bordo.

Por isso, continue a leitura e saiba o que é preciso e como se preparar para a carreira dos seus sonhos.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

O papel do comissário de bordo

O que muitas pessoas imaginam, olhando as aparências, é que o comissário de bordo está no voo apenas para sorrir educadamente, cumprimentar com gentileza e servir bebidas e comidas durante o voo.

Mas, a verdade é que ele é um profissional essencial para garantir a segurança e o bem-estar dos passageiros. São eles os responsáveis por encaminhar as pessoas aos seus assentos, observar se a posição das poltronas e os cintos estão devidamente ajustados, verificar os equipamentos de segurança e checar se a aeronave foi abastecida com tudo que será necessário para o voo.

Por isso, o candidato deve dedicar algumas horas aos estudos, para conhecer melhor como ser comissário de bordo e saber desempenhar a função com o objetivo de melhorar o resultado do voo e a experiência dos passageiros.

As qualificações exigidas

Se antigamente as características físicas eram fatores determinantes para classificação no ingresso desta profissão, saiba que hoje, outros critérios são avaliados com maior peso. Por isso, selecionamos algumas orientações que podem ajudar a entender como ser comissário de bordo.

Perfil físico

Não há uma altura mínima exigida, no entanto, algumas escolas determinam que o candidato deve ter acima de 1,56 m. Isso, porque é necessário que o comissário alcance com tranquilidade o bagageiro da cabine de passageiros.

Além disso, a profissão é marcada por registrar ao longo da história a contratação apenas de mulheres mais jovens. Hoje, essa não é uma realidade, pois a posição não é exclusiva para mulheres, como também não há limite para idade máxima. Apenas, é considera a idade mínima de 18 anos.

Formação

A exigência é que o candidato se inscreva no curso de comissário de bordo em uma escola de aviação homologada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). O curso que tem duração de 4 a 8 meses, dependendo do modelo de aulas. Algumas escolas oferecem aulas durante a semana e outras somente nos finais de semana.

Os temas abordados incluem segurança de voo, regulamentação do setor aéreo, legislação, primeiros socorros, meteorologia, sobrevivência na selva e combate ao fogo. Ao concluir os estudos, os candidatos devem ser aprovados na prova ministrada pela ANAC.

Além disso, não é obrigatório ter curso superior, mas é preciso comprovar a formação no ensino médio. Também não é exigência ter conhecimento de línguas estrangeiras, mas isso pode ser um diferencial nos processos seletivos das companhias aéreas nacionais.

Para as companhias internacionais, ter conhecimento pelo menos do inglês é essencial. Também é interessante ter o conhecimento da língua do país de origem da empresa, por exemplo: o francês, se deseja ingressar na AirFrance.

Experiência

A maioria das empresas de aviação não exige nenhum tipo de experiência ao contratar comissários. A ideia é mesmo formar um time de profissionais recém-preparados e atualizados na formação.

Por isso, após aprovação na prova da ANAC, os candidatos já podem distribuir seus currículos e participar do processo de seleção de qualquer companhia aérea.

Essa é uma grande vantagem para quem procura pela profissão, pois enquanto outras profissões visam contratar pessoas cada vez mais experientes, o comissário de bordo não precisa se preocupar com isso. Embora, seja necessário investir na formação.

A preparação para o exame da ANAC

O primeiro passo para saber como ser comissário de bordo é investir seu tempo, dinheiro e energia nos estudos. Buscar uma boa escola que ofereça preparação e suporte adequado é essencial para obter a aprovação no exame da ANAC.

Afinal, somente após receber a certificação o candidato está apto para iniciar sua procura por emprego e ingressar no mercado de trabalho. Para isso, seguem algumas dicas para ajudar na preparação para a prova da ANAC.

Utilize bons materiais

A escolha de uma boa escola vai ajudar muito com os materiais de estudos, pois podem fornecer apostilas que contribuem para o aprendizado. No entanto, é importante que o candidato procure estudar fora do período das aulas.

Nesse caso, é possível encontrar livros, revistas e artigos para agregar ao conteúdo já visto em sala de aula. Existem no mercado uma variedade de livros técnicos específicos que contribuem para ampliar o conhecimento e rever conceitos e informações importantes.

Tenha uma rotina de estudos

Estabelecer uma rotina de estudos é uma dica que parece muito óbvia e é por isso mesmo que merece ser mencionada. Se não houver dedicação e foco para estudar, o investimento financeiro não valerá de nada.

Reserve um tempo todos os dias para rever os conteúdos ministrados no curso, depois estabeleça metas e leituras para o dia e, por fim, identifique os assuntos que deixaram dúvidas ou que teve dificuldade de assimilar. Então, determine um dia específico para investir maior tempo no estudo dos temas de maior dificuldade.

Estude o conteúdo dos exames anteriores

O estudo das provas anteriores, já aplicadas pela ANAC, auxiliam a entender melhor qual o modelo do teste e as formas que os conteúdos são cobrados. Na Internet é possível encontrar diversos simuladores gratuitos para experimentar.

E por falar em recursos tecnológicos, há muitas opções como videoaulas, grupos de estudos online, aplicativos para treinamento com fácil acesso pela Internet. Basta procurar que é possível encontrar conteúdos de qualidade.

Investir na busca por recursos que podem otimizar o tempo de estudos e promover o aprendizado de forma prática e rápida é uma boa maneira de absorver os conteúdos e se sentir bem preparado para realização do exame.

Na busca por saber como ser comissário de bordo é essencial lembrar que a preparação demanda tempo, investimento financeiro, esforço e principalmente engajamento do candidato. É impossível alcançar o sucesso se não houver foco e dedicação nos estudos.

Então, se você gostou das dicas e deseja saber mais sobre como ser comissário de bordo, deixe seu comentário neste post e compartilhe com a gente sua rotina de estudos.

 

Para ficar por dentro de tudo sobre o mundo da aviação, é só seguir a gente nas redes sociais. Estamos no Facebook, Twitter, YouTube, Instagram e LinkedIn.

Powered by Rock Convert

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário