combustivel aviacao

Saiba como a alta do combustível de aviação impacta o setor

Tempo de leitura 3 min

O aumento do combustível na aviação impacta toda uma cadeia de transportes, de passageiros e cargas e tem um grande impacto em todo o mundo.

Devido a  pandemia, o setor de aviação passou por muitas turbulências nos últimos dois anos, com uma redução significativa no número de viagens nacionais e internacionais.

O cenário pandêmico resultou em milhares de cancelamentos de voos, além da diminuição da procura por passagens aéreas, o que desestabilizou significativamente o setor e gerou enormes prejuízos para as companhias aéreas.

Como se já não bastasse, no último trimestre de 2021, o QAV (Querosene de Aviação) sofreu aumentos assustadores, como o crescimento de 91,7%, segundo a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil).

Além disso, há outros fatores que impactam diretamente o setor de aviação e que abordaremos neste texto.

Nesse cenário, o que todo esse aumento significa para o setor de aviação? Quais são os impactos e quais as previsões futuras?

Continue conosco e entenda!

Impactos da alta do combustível na aviação

Para começar, vale destacar que o combustível é um dos principais gastos das companhias aéreas, levando em conta que representa, em média, 20% dos gastos operacionais da empresa.

Dessa forma, é comum que muitas empresas do setor utilizem a estratégia conhecida como ‘’hedge’’, utilizada como uma proteção contra instabilidades de preços.

Porém, o cenário da covid-19 abalou essa estratégia, o que tornou-a não tão viável quanto parece, já que, com milhares de cancelamentos de voos e uma queda considerável na demanda, não vale a pena investir em uma estratégia de proteção.

A situação permanece pessimista quanto, enfim, levamos em conta a alta do combustível, que, aliada ao momento atual do mundo, só piora a situação!

Como já mencionado, as companhias aéreas vêm sofrendo bastante com a pandemia e, além disso, o aumento dos combustíveis, que agrava ainda mais a situação.

Ocorre que, no período anterior à pandemia, as empresas desse setor gastaram um dinheiro desnecessário com combustível que, com a chegada da covid-19, acabou não sendo totalmente utilizado.

Além disso, a alta excessiva no preço do combustível não ajuda nem um pouco a situação das companhias aéreas, já que, se o preço baixasse, poderiam sair dessa crise de outra forma.

Além disso, a pandemia ainda não acabou, ou seja, as viagens, por mais que estejam voltando, ainda estão num número mais baixo que o normal, evidenciando que a crise do setor ainda não está completamente resolvida.

Ainda há outro fator que preocupa ainda mais a situação: o alto preço do dólar e Guerra na Ucrânia.

combustivel aviacao
combustivel-aviacao

 

Mais da metade dos custos de companhias aéreas está em dólares e, na situação atual, na qual há sucessivos aumentos na cotação do dólar, o cenário não é nem um pouco agradável!

A alta do combustível sempre prejudicou o setor de aviação, tendo em vista que, como dito no início, trata-se de aproximadamente 20% dos gastos operacionais da empresa.

Porém, além disso, o cenário atual agrava ainda mais a situação, na qual poucas viagens são feitas e a retomada ao normal é lenta.

Dessa forma, precisamos aguardar para saber quais serão os impactos em 2022.


Gostou deste post sobre o combustível na aviação ? Visite nosso site agora mesmo!

Aproveite e nos siga nas redes sociai no Facebook, Twitter, YouTube, Instagram.

E conheça a eBianch, somos a maior plataforma EAD para pilotos e entusiastas de aviação, Centro de Instrução de Aviação Civil homologado pela Anac, acesse www.ebianch.com

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.