Dicas da Aviação

Radiação nos Aviões: Como se Proteger

maio 1, 2019
radiacao-aviacao

Muita gente lembra (ou gostaria de ter lembrado) de usar protetor solar e óculos de sol antes de sair em um sol de mais de 35 graus no verão, mas você sabia que também deve se proteger durante voos, por conta da radiação nos aviões?

Os raios UV podem trazer uma série de riscos e malefícios à saúde, como queimaduras, envelhecimento precoce, manchas e até câncer. Mas qual a solução? Aos pilotos, nunca mais entrar em um cockpit? E aos passageiros, sentar cobertos de roupa até a cabeça, o mais longe possível da janela? Vamos explicar um pouco melhor como tudo isso funciona e dar algumas recomendações para evitar aquelas rugas apressadas.

O que são os Raios UV e o que eles podem causar?

A luz são ondas eletromagnéticas, e os raios UV (ultravioleta) são uma faixa do espectro luminoso invisível aos olhos humanos, mas mesmo assim sua radiação  pode causar sérios problemas.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a radiação ultravioleta pode ser separada em três tipos: UVA, UVB e UVC. O UVC é o menos preocupante, já que é completamente filtrado pela atmosfera terrestre. Os raios UVB sofrem uma redução significativa (aproximadamente 90%) em intensidade ao atravessarem a atmosfera,  mas ainda assim podem ser associados a queimaduras, vermelhidão e câncer de pele. Os mais problemáticos são os raios UVA, que sofrem pouca interferência da atmosfera (sim, eles marcam presença mesmo dias nublados) compondo a grande maioria da radiação solar que atinge o planeta, sendo os principais responsáveis pelo envelhecimento acelerado, manchas e câncer de pele.

Existem outros tipos de radiação que podem atingir aeronaves, como a radiação cósmica, mas esta terá de ser tratada em uma próxima oportunidade. Caso tenham curiosidade, é possível se aprofundar no tema com o livro “O Tripulante de Aeronaves e a Radiação Ionizante” do comandante Amilton Camillo Ruas.

Mas afinal, a radiação é mais forte durante o voo?

Segundo a FAA (Federal Aviation Administration), a cada 305 metros (1000 pés), a exposição à radiação solar aumenta em aproximadamente 5%, então sim, a radiação é consideravelmente mais intensa em maiores altitudes. Felizmente aviões tem alguns recursos para proteger seus tripulantes e passageiros deste efeito.

Um estudo do departamento de dermatologia do JAMA (Journal of the American Medical Association) revelou que as janelas dos aviões filtram mais de  99% dos raios UVB, mas o mesmo não acontece com os UVA, que são bloqueados em uma menor intensidade. É válido ressaltar que a intensidade da radiação e seus efeitos no corpo humano podem variar de acordo alguns fatores como tempo de exposição, a localização geográfica, a nebulosidade, a estação do ano, etc.

As  informações de proteção fornecidas pelo estudo da JAMA também podem ter algum grau de variabilidade, já que modelos distintos de aviões diferem em altitude de voo e materiais empregados em sua manufatura. Ainda assim, o estudo traz informações úteis para se ter um maior entendimento dos perigos e cuidados a serem tomados quando se trata de exposição à radiação solar em voo.

Tomando como base as pesquisas apresentadas, é possível chegar a conclusão de que, apesar das aeronaves serem projetadas com materiais que auxiliam na proteção de seus tripulantes e passageiros, estes ainda devem tomar alguns cuidados para garantir sua saúde a médio e longo prazo.

Recomendações

Para garantir a saúde da pele, dos olhos e evitar problemas maiores, é indicado que todos aqueles em voos diurnos utilizem protetor solar. Outra recomendação é utilizar óculos escuros que tenham certificação de proteção UV (e não, infelizmente óculos de sol de camelôs não valem).

Essas recomendações são ainda mais importantes para os que estão em contato direto com a luz solar, especialmente pilotos, já que estes precisam ter visibilidade por todos os lados dentro do cockpit, ficando muito mais expostos ao Sol, e por mais tempo.

Se você é piloto, ou está em busca de óculos de sol com lentes de qualidade reconhecida, a Bianch comercializa modelos da Leaf com lentes Carl Zeiss CR-39, indicadas pela FAA para aviação

Para ficar por dentro de tudo sobre o mundo da aviação é só seguir a gente nas redes sociais! Estamos no Facebook, Twitter, YouTube, Instagram e LinkedIn.

Powered by Rock Convert

Você também pode gostar

2 Comentários

  • Avatar
    Responder Sergio maio 6, 2019 at 4:54 pm

    Uma dúvida: para quem usa óculos multifocais, qual é a melhor opção para proteger os olhos?

    • Bianch
      Responder Bianch maio 15, 2019 at 3:00 pm

      Bom dia, Sergio! Existem diversas óticas que produzem óculos de Sol com lentes multifocais, auxiliando a proteger a saúde de seus olhos.

    Deixe um comentário