diferenca-entre-turbina-e-motor

A Diferença Entre Turbina E Motor De Avião

Tempo de leitura 3 min

Você sabe a diferença entre turbina e motor de avião? É muito comum que as pessoas confundam os dois, achando que ambos os termos se referem a mesma parte.

Na verdade, a turbina e o motor são dois elementos diferentes, sendo a turbina, efetivamente, um dos componentes do motor de uma aeronave. Então, aquelas grandes peças que vemos embaixo das asas dos aviões que corriqueiramente chamamos de turbina são na realidade os motores.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Mas então o que é uma turbina de avião?

Uma turbina é um dispositivo rotativo responsável por converter parcialmente a energia interna de um fluido em energia mecânica, por meio de pás dispostas em um eixo rotativo em alta velocidade. Esse fluido pode ser um líquido, como a água por exemplo, ou um gás, como vapor, ar ou gás de combustão.

Existem diversos tipos de turbinas, que podem ser usadas para movimentar um outro dispositivo mecânico rotativo, ou ainda para gerar eletricidade.

Não é correto dizer que a turbina é o motor do avião pois ela é apenas um de seus componentes.

O que é um motor de avião e quais as suas partes?

Agora que você já sabe o que é uma turbina de avião e porque não devemos confundi-la com o motor, é hora de finalmente entender do que se trata, de fato, um motor de avião.

O motor, em geral, é composto por seis partes:

  • Ventilador;
  • Compressor;
  • Câmara de combustão;
  • Turbina;
  • Bico injetor.

Todos esses componentes constituem os motores das aeronaves, os quais são responsáveis por produzir grandes quantidades de força. Isso torna os aviões capazes não só capazes de voar, mas também de alcançar altíssimas velocidades.

Quais as funções de cada parte do motor de um avião?

O ventilador tem a função de sugar o ar que será utilizado para dar potência ao motor. Quanto maior o ventilador, mais potente o motor. Em seguida, esse ar passa pelo compressor que, por sua vez, aumenta a pressão do ar.

O compressor é composto por várias lâminas presas a um eixo. Essas lâminas, que também podem ser chamadas de pás, giram em alta velocidade e comprimem o ar. O ar comprimido é então pulverizado com combustível.

Os gases de combustão expandem-se e explodem, através do bico injetor, na parte traseira do motor. À medida que os jatos de gás disparam para trás, o motor e consequentemente o avião são empurrados para  frente.

Como o ar quente está indo para o bico injetor, passa por outro grupo de pás que compõem a turbina. A turbina está ligada ao mesmo eixo que o compressor, e o girar da turbina faz com que o compressor gire também.

Portanto, podemos perceber que a turbina não é o motor do avião em si, mas uma das partes que o compõem.

Um motor de avião pode até mesmo ter várias turbinas, como é o caso do famoso Boeing 747, que tem 24 turbinas, já que possui 4 motores e 6 turbinas para cada motor.

Agora, você já sabe a diferença entre turbina e motor de avião. Se você tiver interesse sobre aviação e quiser saber mais sobre o assunto, não deixe de acessar o site da Bianch Pilot Shop, a maior loja de produtos e artigos para aviação do Brasil.

Para ficar por dentro de tudo sobre o mundo da aviação, nos siga nas redes sociais e acompanhe nossas melhores publicações! Estamos no Facebook, Twitter, YouTube, Instagram, Pinterest e LinkedIn.

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.