aviacao-regional

A Aviação Regional: O futuro do setor no Brasil

Tempo de leitura 2 min

A aviação regional deve se desenvolver muito no Brasil nos próximo anos, com as recentes mudanças nas características do mercado em todo o mundo.

O setor de aviação no Brasil é vital para nosso turismo e economia, produzindo e exportando aviões de diferentes portes e com grande qualidade.

Com a crise causada pela pandemia de COVID-19, muita gente se pergunta atualmente sobre o futuro da aviação no Brasil. Nesse texto, vamos falar sobre algumas perspectivas para esse setor tão importante para a economia brasileira e para a engenharia nacional.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

O Embraer Market Outlook 2020 e as perspectivas para o futuro da aviação no Brasil

No dia 2 de dezembro de 2020, a Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A (Embraer) publicou um estudo denominado Market Outlook 2020. Esse relatório apresentou uma análise da demanda por viagens aéreas e por novas entregas de aviões para a próxima década.

O cenário da pandemia do novo Corona vírus impactou negativamente a demanda da aviação no Brasil e essa tendência negativa é projetada para os próximos anos.

Nesse contexto de demanda reduzida, o estudo divulgado pela Embraer afirma que haverá uma ampliação da regionalização do mercado de aviação. Assim sendo, as empresas deverão priorizar as rotas regionais.

Por conta disso, as aeronaves de médio porte (que comportam menos de 150 passageiros) serão priorizadas e ganharão destaque no mercado de aviação. Esse tipo de avião possibilita uma flexibilidade muito maior para a empresa aérea e certamente pode ajudar a dinamizar a operação e a logística.

Aviação Regional

Nessa conjuntura em que a regionalização é protagonista, as rotas que ligam diretamente pequenas e médias cidades tendem a ser ampliadas, o que pode gerar uma mudança positiva no fluxo de tráfego.

aviacao-regional-azul
aviacao-regional-azul

Essa nova tendência poderá modificar o comportamento dos passageiros, pois eles terão à disposição uma série de voos diretos para diversas cidades próximas. Portanto, o número de passageiros pode aumentar bastante com a oferta de trajetos que antes só podiam ser percorridos através de voos com escala ou de outros meios de transporte.

Outro destaque do relatório elaborado pela Embraer é a projeção dos números referentes à produção da empresa nos próximos 10 anos. De acordo com o Embraer Market Outlook 2020, a Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A planeja comercializar 4.420 aeronaves com 150 lugares na próxima década, dedicados a aviação regional.. Desse total, 75% das aeronaves serão utilizadas na substituição de aviões usados e os 25% restantes representam o crescimento de mercado no período.

De acordo com a Embraer, também devem ser produzidas mais de 1 mil aeronaves turbo-hélices até o ano de 2029. Esse tipo de aeronave será outra forte tendência no setor de aviação nacional e internacional nos próximos anos, por conta disso, a Embraer deve investir pesado no desenvolvimento de um novo modelo para esse segmento que deve crescer bastante no Brasil e no mundo.

Para ler mais conteúdos como esse, não deixe de acompanhar as publicações aqui em nosso blog. Estamos sempre compartilhando artigos que podem enriquecer mais seus conhecimentos. Aproveite!

Para ficar por dentro de tudo sobre o mundo da aviação, nos siga nas redes sociais e acompanhe nossas melhores publicações! Estamos no Facebook, Twitter, YouTube, Instagram, Pinterest e LinkedIn

Conheça a eBianch, a maior plataforma de ensino a distância para pilotos e entusiastas de aviação, Centro de Instrução de Aviação Civil homologado pela Anac, acesse www.ebianch.com

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.