aeroportosmais movimentados do Brasil

Os aeroportos mais movimentados do Brasil

Tempo de leitura 2 min

Aeroportos são locais que despertam muitos sentimentos entre os apaixonados por aviação. O sonho de ser piloto ou profissional da aviação muitas vezes começa com visitas a eles e não são raros os aficionados que vão até os aeroportos apenas para ver as aeronaves e sonhar com seu futuro. Neste post vamos abordar os 6 aeroportos mais movimentados do Brasil, com base no período de 2020 e 2021. O objetivo é mostrar as principais mudanças que a pandemia trouxe para esses aeroportos..

 

Conheça os 6 aeroportos mais movimentados do Brasil

Durante a intensa onda da pandemia, muitos aeroportos fecharam as portas temporariamente e diversos voos tiveram de ser cancelados, trazendo prejuízo para ambas as partes.

Com isso, o número de passageiros também diminuiu, fazendo com que muitos o número de aeroportos mais movimentados caísse no ranking.

Confira a lista que preparamos para você:

 

    1 Aeroporto de São Paulo GRU

No ano de 2020, o aeroporto de Guarulhos transportou cerca de 20,3 milhões de passageiros, registrando uma queda de 52% em seu fluxo devido à pandemia. De qualquer forma, ele continua sendo o líder no ranking de aeroportos mais movimentados do Brasil.

Inaugurado em 1985,o aeroporto conta com terminais para voos nacionais e internacionais. Durante 14 anos seguidos, conquistou a liderança nesse assunto.

    2 Aeroporto de Brasília

Em segundo lugar, temos o aeroporto de Brasília que ultrapassou o de Congonhas em relação ao ano de 2019. Em 2020, foi registrado um fluxo com cerca de 7,8 milhões de passageiros.

    3 Aeroporto de Congonhas/CGH

O aeroporto de Congonhas é o mais antigo da capital paulista, situado bem no meio da cidade. Podemos dizer que a pandemia afetou, e muito, o movimento dentro dele.

Para se ter uma noção, em 2019 foram transportados 22,3 milhões de passageiros, caindo para apenas 6,7 milhões no ano seguinte. Assim, perdendo o seu posto de segundo lugar no ranking.

Aliás, uma coisa que vale a pena destacar, é que o aeroporto em questão, é conhecido por possuir uma das menores pistas de pouso e decolagem em relação aos demais aeroportos do Brasil.

    4 Aeroporto de Campinas Viracopos/VCP

O aeroporto de Campinas é o principal concentrador da Azul, que foi uma das primeiras a retornar após a forte onda da pandemia. Graças a isso, o aeroporto conseguiu sair da sexta posição e chegar até a quarta.

Durante o ano de 2020, 6,7 milhões de passageiros percorreram os corredores de Viracopos, com diferença de apenas 19 mil passageiros com o de Congonhas. (ANAC)

    5 Aeroporto do Rio de Janeiro Santos Dumont/SDU

Santos Dumont foi o primeiro aeroporto inaugurado no Brasil de uso exclusivo para militares na década de 30.

Assim como o de Congonhas, este também possui uma das menores pistas de pouso (sendo ainda menor que a do citado anteriormente).

No ano de 2020, 4,9 milhões de passageiros embarcaram por este aeroporto, que encolheu cerca de 40% em relação aos anos anteriores.

    6 Aeroporto do Recife/REC

Finalizando a nossa lista, temos o aeroporto do Recife. Sem dúvidas, ele é o mais movimentado do nordeste. Em uma lista mais extensa sobre os aeroportos mais movimentados, subiu duas posições.

No ano passado, em 2020, 4,6 milhões de passageiros estiveram presentes nas pistas de embarque deste belíssimo aeroporto!

Gostou destes posts? Aproveite e visite nosso site!

Para ficar por dentro de tudo sobre o mundo da aviação, nos siga nas redes sociais e acompanhe nossas melhores publicações! Estamos no Facebook, Twitter, YouTube, Instagram, Pinterest e LinkedIn

Conheça a eBianch, a maior plataforma de ensino a distância para pilotos e entusiastas de aviação, Centro de Instrução de Aviação Civil homologado pela Anac, acesse www.ebianch.com

 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.